O que é Inbound Marketing: conceito, porque investir

O termo Inbound Marketing surgiu oficialmente nos Estados Unidos, no inicio dos anos 2000 para designar estratégias de conteúdo e marketing digital para atrair e identificar potenciais clientes. O conceito começou a se popularizar com o lançamento do livro “Inbound Marketing: seja encontrado usando o Google, a mídia social e os blogs”, de Brian Halligan e Dharmesh Shah, lançado em 2009.

Resumidamente, Inbound Marketing é o conjunto de estraégias e ações para aumentar a sua autoridade em temas ligados ao seu negócio, atrair públicos interessados, organizar seu relacionamento com eles e gerar negócios.

Podemos estabelecer também um paralelo interessante entre INBOUND e OUTBOUND (o marketing tradicional). Aqui na Buffalus, costumamos dizer que no OUTBOUND, você foca-se em rostos conhecidos. Acaba usando ferramentas diversas para públicos que você tem um email ou um telefone. Além disso, você “empurra” informações, conteúdos. Sua empresa vai atrás do cliente. No caso do INBOUND MARKETING você faz o marketing de atração. Por meio de conteúdos, sua empresa atrai seus públicos que já estão buscando informações e serviços. Você atrai públicos conhecidos e muitas vezes rostos desconhecidos que estavam longe das suas listas de prospecção e carteiras de vendedores,

Importante também ter claro que o conteúdo usado tem objetivo de atrair seus públicos, demonstrar sua autoridade no assunto e educar ou maturar o potencial cliente para a compra. É por isso que falamos no funil de inbound marketing. Similar ao funil de vendas, nosso funil trabalha com Marketing Leads. Educamos e nos relacionamos com um contato do topo ao fundo do funil, quando o marketing lead se torna um sales lead.

Inbound Marketing não acaba com Outbound Marketing

Inbound Marketing não é a panacéia

Inbound Marketing não substitui relacionamento e venda consultiva

Vira e mexe alguém acaba dizendo “o mundo não vai mais ser o mesmo”. O que é expressão da verdade. Não significa porém tratar-se de uma questão binária. No caso do Inbound Marketing, há negócios que poderão se perpetuar exclusivamente com estratégias de atração como e-commerce ou venda de serviços SaaS e Cloud.

Em outros, o Inbound Marketing estará lado a lado, complementando, o tempo todo ou em alguns momentos. Como é o caso de venda B2B consultiva. Mesmo que sua empresa trabalhe com uma carteira de contas nomeadas, alimentadas e cultivadas pelo relacionamento 1to1, o Inbound Marketing terá lugar. Os conceitos de Inbound Marketing são adaptáveis e podem ser empregados a todo tipo e porte de empresa.

ROI de Inbound Marketing

Uma das melhores características do marketing digital e do inbound marketing é sua capacidade de mensuração. As ferramentas disponíveis hoje, muitas free, permitem que você saiba com precisão quantas pessoas visualizaram, baixaram ou converteram, compraram, qual a sua reputação digital com esse contato, de onde ele vem etc. Ou seja, ficou mais fácil defender o investimento e provar o seu retorno, o ROI (retorno sobre investimento).

Nove motivos para investir em Inbound Marketing

A rigor toda empresa deveria pensar seriamente em adotar os conceitos e estratégias de marketing digital e de marketing de atração, o Inbound Marketing. Mas, podemos dar umas dicas de necessidades que podem ser sanadas com essas estratégias. Exemplos:

1 ) Aumentar o volume de visitantes no site

2) Ganhar relevância no meio digital

3) Auxiliar o comercial a aumentar o pipeline de médio e longo prazo

4) Atrair mais clientes potenciais

5) Reduzir ciclo de vendas

6) Melhorar a qualificação dos “newnames” trazidos ao processo de vendas

7) Otimizar o processo de vendas

8) Otimizar o investimento em vendas

9) Reduzir o custo de aquisição de novos clientes

 


Um resumo de INBOUND MARKETING

O que é INBOUND MARKETING?

Inbound Marketing é um abordagem de atração, nutrição e relacionamento com seu público-alvo que se baseia em conteúdos direcionados a cada perfil, cada persona e seu estágio de maturidade, dentro de uma jonrada de compra.

Principais diferenças de Inbound Marketing e Outbound Marketing

Gostamos de dizer que no Inbound Marketing, você cria conteúdos ricos, com relevância e alinhados com o mindset de seu público-alvo. Você atrai sua persona, aquele potencial cliente que você sabe o perfil, mas nesse caso, você não tem o rosto, endereço, email ou telefone. EM geral, são estratégias de médio e longo prazo para atrair e nutrir esses contatos até chegar ao estágio de compra.

No Outbound Marketing, você também cria conteúdos alinhados com suas personas. Mas, neste caso, você “empurra” isso para seu público. É uma comunicação unilateral. É complementar as suas estratégias de inbound. Recomendamos, sempre complementar sua estratégia de inbound com doses de outbound: email marketing, cold call, cold mail.

Conclusão

O mundo não é mais o mesmo. Torna-se cada vez mais fundamental que você azeite sua estratégia digital. Seja para atrair e capturar aquele cliente que estava fora do radar do seu time comercial. Seja para simplesmente aparecer na primeira página de resultados de busca quando aquele seu cliente der um Google num tema ligado ao seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *